Livro: “Comunicações em tempos de crise”, de Helena Martins

Por: FRL

 

O uso informações falsas, as fake news, por meio das redes sociais influenciaram nas eleições de políticos ultraconservadores em difersos países. Este é o tema em discussão do livro “Comunicações em Tempos de Crise – economia e política”, da jornalista Helena Martins.

A publicação faz parte da coleção Emergências, realizada pela Fundação Rosa Luxemburgo e a editora Expressão Popular.

A partir da concepção de hegemonia e contra-hegemonia política de Antonio Gramsci, a autora demonstra que há um forte controle midiático do debate de ideias.

Segundo Martins, a democratização das comunicações seria o caminho para alcançar uma maior pluralidade de opiniões na mídia. Esta medida, diz a autora, pode contribuir para a conquista de uma sociedade mais justa.

Na obra, a também doutora em comunicação desmonta a concepção de neutralidade da tecnologia. E põe em xeque a imagem positiva de modernidade e progresso relacionada a campanha de integração social nas redes de comunicação.

Helena Martins descreve o modo pelo qual as grandes corporações de comunicação e as tecnologias da informação integram e interferem nas relações sociais.

O texto traz exemplos que servem de alerta. A pesquisadora destaca que políticos ultraconservadores se valeram da divulgação de informações falsas – propagadas por meio das redes sociais e aplicativos de mensagem – para chegar ao poder.

“A concentração na mídia tradicional e nas novas deve ser enfrentada para que possamos ter um sistema midiático de fato democrático”, conclui a autora.

“Comunicações em Tempos de Crise – economia e política” é uma obra atual, voltada para todos aqueles que desejam refletir sobre as alternativas para uma comunicação democrática.

Sobre a autora

Helena Martins é professora da Universidade Federal do Ceará (UFC). Doutora em Comunicação Social pela Universidade de Brasília (UnB, 2018), com período sanduíche no Instituto Superior de Economia e Gestão (Iseg) da Universidade de Lisboa, financiado pelo Programa de Doutorado-sanduíche no Exterior (PDSE) da Capes.

Possui mestrado em Comunicação pela Universsidade Federal do Ceará (UFC, 2012) e graduação em Comunicação Social – Jornalismo (2009) pela mesma universidade.

É integrante do Intervozes – Coletivo Brasil de Comunicação Social. Foi titular do Conselho Nacional dos Direitos Humanos (CNDH) na primeira gestão do órgão (2014-2016).

Entre 2012 e 2018, trabalhou como jornalista da Empresa Brasil de Comunicação, tendo atuado como editora do Repórter Brasil e repórter da Agência Brasil.

 Coleção Emergências

Debates urgentes e fundamentais para a compreensão dos problemas brasileiros, com enfoques quase sempre invisibilizados. Essa é a proposta da Coleção Emergências, uma iniciativa da Fundação Rosa Luxemburgo e da Expressão Popular.

Nossa Coleção se propõe a discutir questões cruciais para o Brasil a partir das perspectivas pouco divulgadas nos meios comerciais. Cada obra não pretende ser a última palavra sobre o tema, mas o ponto de partida para estimular debates e novas leituras.

Outros livros da coleção

Input your search keywords and press Enter.