A tragédia e a farsa – a ascensão das direitas no Brasil contemporâneo

O tema deste livro é a velha direita que domina, cria hegemonia e se transforma em “nova direita”, organizada em torno de aparelhos de ação política e ideológica. 

O livro permite ao leitor compreender que a dominação burguesa não se mantém apenas por herança política. Ela é, sim, fruto de extensa e dedicada organização dos aparelhos de hegemonia privados, das classes dominantes. 

O livro mostrar ao leitor inúmeros aparelhos organizativos da burguesia, suas formas de atuação e multiplicação, suas insistentes pautas, e inclusive seus conflitos internos.

Ao fim e ao cabo restará uma certeza, há uma nova forma de dominação e parcelas da velha burguesia se renovam, ou são atropeladas pelo novo que busca mesmo é implantar o velho: a dominação, o enxugamento de direitos, a garantia do lucro acima de tudo. 

Institutos, centros de estudo, revistas, think tanks, se articulam em ações pelo país afora e internacionalmente, pois o capital não admite fronteiras. O Estado como pano de fundo permite os novos reordenamentos do pensamento liberal organizado e fazendo sentido prático nas diversas frações de classe burguesas que esperam lucrar a qualquer preço e a conta vai ser paga pela classe trabalhadora.

O livro propicia uma leitura indignada, mas, sobretudo, altamente instrutiva para desvendar os desafios que temos a enfrentar na nova quadra histórica que se coloca a nossa frente, onde o fascismo mostra a cara sem máscaras.

(Carla Luciana Silva, professora de História da Unioeste)

                                     

“Ao mesmo tempo em que falavam em institucionalidade e defesa da Constituição, esses mesmos ‘aparelhos privados de hegemonia’ tudo fizeram para demoli-las. As entidades que figuram nesse livro abertamente reuniram grupos de empresários ligados a enormes conglomerados, não apenas em defesa do capital, mas em sua grande maioria atuando para podar conquistas populares fundamentais. Em comum a todas elas o permanente ataque à gestão pública, a cada vez que ela se apresenta como uma gestão pública de direitos universais. Permanentemente, elas pretendem impor as políticas econômicas, educacionais, sociais etc., elaboradas por elas próprias, convertidas em leis por seus próximos. Em todas elas, a marca da imposição de uma gestão pública definida como se fosse privada e da defesa dos interesses do grande empresariado. Apresentados como se fossem os interesses de todos, em alguns casos. Em outros casos, nem isso, apresentados meramente como condição ‘técnica’ a ser imposta a qualquer governo. Em outros casos, ainda, dispensando argumentos ou explicações” (Prefácio, Virgínia Fontes)

 

Você pode baixar o livro gratuitamente clicando aqui.

Coleção Emergências

Debates urgentes e fundamentais para a compreensão dos problemas brasileiros, com enfoques quase sempre invisibilizados. Essa é a proposta da Coleção Emergências, uma iniciativa da Fundação Rosa Luxemburgo e da Expressão Popular.

Nossa Coleção se propõe a discutir questões cruciais para o Brasil a partir das perspectivas pouco divulgadas nos meios comerciais. Cada obra não pretende ser a última palavra sobre o tema, mas o ponto de partida para estimular debates e novas leituras.

Sobre o Autor:

Flávio Henrique Calheiros Casimiro  é Doutor em História Social, na área de História Contemporânea – Economia Capitalista, pela Universidade Federal Fluminense, UFF (2016). Graduado em História pela Universidade Federal de Ouro Preto – UFOP (2007) e mestre em História, na linha de Poder e Relações Sociais pela Universidade Federal de São João Del-Rei – UFSJ (2011).

Professor de História Econômica e Economia Política do Instituto Federal do Sul de Minas Gerais, Campus Poços de Caldas, é um dos autores do livro “O Ódio como Política: a reinvenção das Direitas no Brasil”, publicado pela editora Boitempo, (2018). Autor do livro “A Nova Direita: aparelhos de ação política e ideológica no Brasil Contemporâneo” publicado pela editora Expressão Popular (2018).

Publicou diversos capítulos de livros e artigos com a temática da “Nova Direita” e dominação burguesa no Brasil contemporâneo.

 

 

A tragédia e a farsa – a ascensão das direitas no Brasil contemporâneo quantidade

REF: Tragédia e a farsa, A – a ascensão das direitas no Brasil contemporâneo

 

Autor: Flávio Henrique Calheiros Casimiro

Número de páginas: 184

ISBN: 9786599041402

Editora: Expressão Popular e Fundação Rosa Luxemburgo

Baixe o livro gratuitamente clicando aqui.

 

 Outros títulos da Coleção Emergências:


  • Livro: “Comunicações em tempos de crise”, de Helena Martins

  • Livro: “Quando vier o silêncio – o problema mineral brasileiro”

  • Coleção Emergências: debates urgentes para compreender os problemas brasileiros
  • Input your search keywords and press Enter.