Mobilidade e feminismo antirracista - Fundação Rosa Luxemburgo
Ciclo de Lives Mobilidade Antirracista

Mobilidade e feminismo antirracista

O primeiro encontro do Ciclo de Lives Mobilidade Antirracista será realizado, no dia 22 de maio, às 19h, no canal de Youtube da editora Autonomia Literária, com o tema Mobilidade e feminismo antirracista.

PARTICIPANTES

  • Neon Cunha

Publicitária e diretora de arte, atua há 39 anos na Prefeitura de São Bernardo do Campo. Uma das maiores vozes do Brasil na luta sobre despatologização das identidades de pessoas trans. Em 2019, recebeu da Alesp a Medalha Theodosina Ribeiro, que homenageia mulheres que se destacam na sociedade. Formada também em Artes Plásticas, trabalha com moda há anos e atualmente colabora com o estilista Isaac Silva (é dele o vestido que Érica Malunguinho usou na posse da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo – Alesp). Ativista independente, tem como pauta principal a racialidade interseccionalizada com a transgeneridade como construção de não humanidade.

  • Tainá de Paula

Arquiteta e urbanista, Vereadora eleita pelo PT-Rio, ativista das lutas urbanas. Atuou em diversos projetos de urbanização e habitação popular, realizando assistência técnica para movimentos de luta pela moradia como União de Moradia Popular (UMP) e Movimento dos Trabalhadores sem Teto (MTST). Hoje presta assistência para o movimento Bairro a Bairro, onde atua como arquiteta e como mobilizadora comunitária em áreas periféricas.

  • Lúcia Xavier

Coordenadora da ONG Criola, Assistente Social, formada pela Faculdade de Serviço Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atuou no Conselho Estadual da Criança e do Adolescente e no Conselho Nacional de Promoção da Igualdade Racial, representando a Articulação de ONGs de Mulheres Negras Brasileiras/AMNB (2004). Recebeu a Medalha do Reconhecimento Chiquinha Gonzaga conferida pela Câmara Municipal do Rio de Janeiro.

  • Rafaela Albergaria

Mestre em Serviço Social, escritora e pesquisadora em Mobilidade Urbana, Segurança Pública, Sistema de Justiça, Relações Raciais. Articuladora Política do Mulheres Negras Decidem. Coorganizadora do livro “Mobilidade Antirracista”

Ciclo de Lives Mobilidade Antirrascista

Durante a pandemia ficou ainda mais nítido que o racismo sustenta as estruturas exploradoras da sociedade brasileira. Enquanto a única saída apontada por especialistas para se proteger da COVID-19 era ficar em casa, sem garantias de trabalho ou auxílio digno do governo, pessoas negras, pobres das periferias seguiram fazendo a cidade andar, colocando suas vidas em risco para não morrer pela epidemia da fome. Assim, a população negra, e sobretudo os trabalhadores do transporte (motoristas, cobradores e entregadores), tornaram-se rapidamente os principais atingidos com casos graves e mortos na pandemia. Para debater essa questão, o ciclo de lives sobre luta antirrascista tem como gatilho disparador o lançamento do livro “Mobilidade Antirrascista”, organizado por Daniel Santini, Rafaela Albergaria e Paíque Duques Santarém, e publicado pela editora Autonomia Literária e fundação Rosa Luxemburgo.

O livro debate um dos aspectos mais importantes e menos discutidos do racismo: a espacialidade. E conta com textos de Silvio Luiz de Almeida, Talíria Petrone, BNegão, Nego Bispo, Lucas Koka e outros pensadores negros.

O ciclo contará com debates sobre feminismo antirrascista, o valor da mobilidade, desencarceramento e segregação e extermínio racial.

WordPress Appliance - Powered by TurnKey Linux