Série de vídeos apresenta o universo do Cooperativismo de Plataforma - Fundação Rosa Luxemburgo
VÍDEOS

Série de vídeos apresenta o universo do Cooperativismo de Plataforma

O Observatório do Cooperativismo de Plataforma, uma produção do Laboratório de Pesquisa Digilabour, da Unisinos, produziu uma série de vídeos sobre Cooperativismo de Plataforma, reunindo exemplos concretos, conceitos e princípios. A produção contou com o apoio da Fundação Rosa Luxemburgo. A seguir, estão os dez primeiros vídeos da série, que terá vinte no total.

1. O que são cooperativas de plataforma? 

O primeiro de uma série de vídeos Observatório do Cooperativismo de Plataforma.

2. Cooperativas de dados

Para enfrentar o colonialismo de dados, cooperativas de dados! Ou dados que sejam geridos por trabalhadores e comunidades por meio de plataformas digitais.

3. Driver’s Seat, uma cooperativa de dados de motoristas

Seat – Cooperativa de Dados de Motoristas é uma cooperativa de motoristas comprometida com a democracia de dados. Um exemplo concreto do papel das cooperativas de dados no cooperativismo de plataforma – https://www.driversseat.co/

4. Means TV, a Netflix que funciona como cooperativa

Means TV, a plataforma de streaming que é uma cooperativa. Plataforma de streaming controlada pelos trabalhadores, a Means TV. Construindo uma infraestrutura de mídia que reflita e capacite os 99%. E disponível no Brasil!
https://means.tv@means_tv

5. Trabalho decente no cooperativismo de plataforma  (parte 1)

O trabalho decente deve ser um princípio-chave na construção de plataformas cooperativas. Saiba mais neste vídeo sobre esses princípios a partir do que tem sido desenvolvido pelo projeto Fairwork.

6. Trabalho decente no cooperativismo de plataforma  (parte 2)

Contratos, gestão e representação decente. Para combater as falsas cooperativas de plataforma, o movimento precisa incorporar os princípios de trabalho decente! Saiba mais neste vídeo sobre esses princípios a partir do que tem sido desenvolvido pelo projeto Fairwork.

7. O que é Intercooperação?

Já imaginou uma cooperativa de entregadores que se liga a cooperativas de tecnologia, agricultores e pequenos restaurantes? Saiba o que é intercooperação e seu papel no cooperativismo de plataforma para reinventar circuitos de produção e consumo locais no sétimo vídeo da série.

8. Design Justice e Cooperativismo de Plataforma

O design de tecnologias – como plataformas e algoritmos – pode reproduzir, intensificar e produzir desigualdades de classe, raça, gênero, sexualidade, entre outras. Sasha Costanza-Chock é autora do livro Design Justice e fundadora da rede com o mesmo nome. O design justice – ou justiça projetual – é comprometido em repensar os processos de design para centralizar pessoas historicamente marginalizadas.

Consideramos o design justice como um elemento indispensável para a construção de plataformas cooperativas! Oitavo vídeo do Observatório do Cooperativismo de Plataforma. Citamos e recomendamos trabalhos de Tarcízio Silva, Joy Buolamwini, Catherine D’Ignazio, Virginia Eubanks, Safiya Umoja Noble, além do documentário Coded Bias.

9.  Up and Go

Up & Go. Plataforma cooperativa de trabalho doméstico O que ela tem de diferente das plataformas tradicionais do setor? Descubra no nono vídeo.

10. Alternativa para Drive, Docs e Zoom

Conheça a Collective Tools, cooperativa de serviços de nuvem baseada na Suécia no décimo vídeo do Observatório do Cooperativismo de Plataforma.
https://collective.tools

WordPress Appliance - Powered by TurnKey Linux