Brasil e Europa: a ação comum em defesa da democracia

Debate em 17/04 vai discutir e refletir sobre as ameaças do avanço ultraconservador no Brasil e Europa

 

 

 

 

Por FRL

No próximo mês de maio, diversos países europeus irão às urnas para escolher a nova configuração de seus parlamentos. O resultado do pleito causa preocupação aos setores progressistas, pois o avanço do discurso conservador de extrema direita ganha força e adeptos. Do outro lado do oceano, em terras brasileiras, as eleições de outubro de 2018 elegeram como presidente um representante desta mesma direita que, ainda que tenha características específicas, apresenta traços igualmente antidemocráticos.

Para discutir o que representa este aprofundamento ultraconservador, bem como a garantia ao respeito às conquistas democráticas, nos dois contextos, a Fundação Rosa Luxemburgo (FRL) convida para o evento Brasil e Europa: a democracia ameaçada. Seria possível uma ação internacional contra o fortalecimento da direita no mundo? Por que a esquerda tem tido tantas dificuldades para atrair a população para a sua pauta? Estas são algumas das questões que estarão no centro do debate.

A atividade contará com a participação de Andreas Thomsen, diretor do escritório da FRL em Bruxelas  (Bélgica), de Erica Malunguinho, educadora e deputada estadual (PSOL/SP) e Esther Solano, socióloga e professora de relações internacionais da UNIFESP. A mediação será de Torge Löding, diretor da FRL Brasil.

 

SERVIÇO

Brasil e Europa: a democracia ameaçada

Com:
Andreas Thomsen
Erica Malunguinho
Esther Solano
17/04/2019 – às 19h
Auditório da FRL
Rua Ferreira de Araujo, 36 – Alto de Pinheiros – São Paulo – próximo ao metrô Faria Lima

 

 


  • Pela unidade negra e popular Brasil e Estados Unidos

  • Calibã e a Bruxa nos dias atuais

  • Rosa Luxemburgo: pensamento e ação 100 anos após seu assassinato
  • Input your search keywords and press Enter.